quarta-feira, 5 de março de 2008

Nada é Universal

JÁ FAZ UM TEMPO QUE DEIXEI DE ACREDITAR QUE EXISTE ALGUMA COISA UNIVERSAL. Acredito que não existe nada mesmo que todo ser humano no mundo faça igual. Eu deixei de acreditar em universais depois que descobri que, na China, não se conta nos dedos igual a no Brasil.

Leitores tradicionais do Blog devem ter percebido que agora tem um contador de visitas aí na direita. Tentei usar durante uma semana um que era um ábaco, mas como eu não entendia patavina do que ele mostrava, troquei por esse das mãos. E ele usa a mesma notação que se usa na China, onde é possível contar até dez com apenas uma mão. Dessa forma, eles podem chegar até a 99 usando as duas...

Pior que não achei como mostrar a contagem aqui. Mas é algo tipo assim: até o número 5 é igual. A partir daí, vc vai baixando um dedo por vez. O seis, por exemplo, são todos os dedos esticados, com apenas o mínimo encolhido. O 8, só baixe o dedo médio.

Algo assim. Sei não...

Mas se nem contar nos dedos é igual no mundo todo, o que vai ser?

Acho que talvez, no máximo, andar pra frente. E isso em condições normais de temperatura e pressão...

Inté,

A. N.

Um comentário:

Roberta disse...

Pela descrição - meio torta, é verdade... :) - acho que o sistema chinês é parecido com a numeração da linguagem de sinais usado pelos surdos-mudos...
Enfim, só pra vc não esquecer: TE AMO!
Saudades...